SINPRONORTE reforça a luta em combate às OSs em Joinville

postado em: Notícias | 0

O SINPRONORTE une-se aos demais dirigentes da Regional Norte da CUT que seguem firmes na organização de ações unificadas na luta contra a terceirização da gestão da saúde pública para as Organizações Sociais (OS). O Secretário de Organização Sindical da CUT-SC e metalúrgico de Joinville, Wanderlei Monteiro, reiterou a luta histórica da CUT contra as OSs “Não é de hoje que a CUT se posiciona contra as terceirizações e as OSs, essa é uma luta histórica da nossa central. Só com a unidade de todo o movimento sindical e mobilizando a classe trabalhadora é que vamos conseguir derrotar esse projeto de destruição do serviço público que o governo do Partido Novo está implementando em Joinville”.

Uma ação conjunta foi protocolada no Ministério Público Estadual em defesa urgente do concurso público e contra as OSs, na mesma medida do documento elaborado pelo Conselho Nacional do Ministério Público que posiciona as OSs como um antro de corrupção.

“Joinville está há quase 10 anos sem concurso público. Em 2019 tínhamos 11 mil servidores e hoje são apenas 9 mil. Sem concurso, os servidores não são repostos e isso sobrecarrega os trabalhadores e precariza o atendimento à população. A única saída é o concurso público”, reiterou Jane Becker, presidente do SINSEJ.

O SINPRONORTE defende o direito de todo cidadão ter acesso gratuito ao serviço público de qualidade, sobretudo em educação, saúde e segurança. “Este é um dever do Estado, está na Constituição Federal e é fundamental para que possamos chegar à sociedade justa, igualitária e acessível que tanto lutamos”, afirma a presidente Marta Heinzelmann.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze + 11 =