3ª reunião com o SINEPE/SC encerra as negociações com vitória para a categoria

As negociações para a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho e para a definição do reajuste salarial da data-base 2023/2024 encerraram nesta quarta-feira (22) com vitória para a categoria laboral (professores/administrativos). Em primeiro lugar porque todas as cláusulas sociais foram preservadas, mantendo a CCT intacta e os direitos conquistados ao longo do tempo pelos sindicatos, garantidos. Em segundo lugar porque todas as instituições de ensino terão de ajustar os salários pelo mesmo percentual, ao contrário do que inicialmente pretendia a categoria econômica. E em terceiro lugar, e não menos importante, porque a negociação resultou em ganho real de salário em relação ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) para as trabalhadoras e trabalhadores da educação básica, das escolas de idioma e de cursos livres com o reajuste será de 6% e para os do Ensino Superior o índice fechou em 5,47%, ou seja, 100% do INPC.

“A conclusão que chegamos após o resultado destas três rodadas de negociação com os donos de escolas é que estamos trilhando um caminho que deverá nos trazer novas conquistas e mais vitórias para nossa categoria”, comemorou a presidente do SINPRONORTE Marta Regina Heinzelmann. A forma como o SINPRONORTE e as demais entidades laborais conduziram as negociações deste ano demonstra que, quanto mais fortes e unidos os sindicatos estiverem, mais conquistas serão possíveis. “A hora é de tornar os sindicatos mais fortes, se filiando, participando das assembleias, recebendo e dialogando com os dirigentes nas escolas. Quanto mais as trabalhadoras e os trabalhadores estiverem unidos ao seu sindicato, mais vitórias e avanços serão possíveis”, destacou Marta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + dois =