IMPASSE NA NEGOCIAÇÃO SALARIAL SINEPE

postado em: Negociação em Foco | 0

18 de maio de 2022

Saudações Sócios e Sócias,

Em mais uma rodada de negociação realizada dia 16/05, entre representantes dos sindicatos dos TRABALHADORES e PATRONAL, o impasse para o fechamento da negociação continua. Até o momento, há consenso na manutenção de todas as cláusulas sociais (triênio, bolsa de estudos, garantia de recesso escolar, entre outros), como também no reajuste dos salários e dos pisos salariais da categoria em 10,8 % a partir de março/2022.

No ano passado, 47 escolas da base do SINPRONORTE, de acordo com a Convenção Coletiva de Trabalho, não deram reajuste salarial integral como todas as demais escolas.

Neste ano, o impasse na negociação se dá porque 6 das 47 escolas, novamente, não querem repassar o reajuste salarial integral para os seus trabalhadores. Apresentam uma proposta de apenas 7%.

Que escolas são essas? Todas do ensino superior:

  1. ÂNIMA/UNISOCIESC
  2. UNIVILLE
  3. IELUSC
  4. CENSUPEG
  5. INESA
  6. FACULDADE LUTERANA DE TEOLOGIA / SBS

Diante do impasse, apresentamos a possibilidade de entrar na justiça com o dissídio coletivo. O sindicato patronal se comprometeu a chamar nova assembleia e verificar a possibilidade de aumentar a percentagem de 7% proposto por estas 6 escolas do ensino superior.

A negociação continua. 

No SINDICATO, 1 + 1 é sempre mais que dois.
Associa-se pelo site sinpronorte.org.br/filie-se

 

ESCLARECIMENTO AOS TRABALHADORES

19 de maio de 2022

Nota sobre o informativo divulgado ontem (18/05) pelo SINPRONORTE, dando conta das negociações com o SINEPE. O IELUSC solicitou em 2021, assim como algumas outras Instituições de Ensino Superior, requerimento para o não pagamento integral da inflação (10,47%) e reajustou os salários em 4%, conforme previsto na CCT então negociada.

Neste ano 2022, porém, o fechamento da negociação está emperrado porque o SINEPE (sindicato patronal) alega dificuldades destas Instituições de Ensino Superior aplicarem reajuste salarial integral pela inflação do período (10,8%).

Enquanto temos essas escolas representadas por seu sindicato dizendo que não podem dar o reajuste salarial solicitado pelo sindicato dos trabalhadores, temos o IELUSC já antecipando o índice tão reivindicado na mesa de negociação.

O que está em jogo ?

A direção

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × um =