1ª Rodada de Negociação com SINEPE

postado em: Negociação em Foco, Outros | 0

Sindicato patronal considera nossa pauta de reivindicação absurda e ameaça não assinar Convenção Coletiva.

Em Florianópolis, dia 17/02 na sede do Sinepe, o Sinpronorte junto com mais 11 sindicatos que representam trabalhadores das escolas particulares de Santa Catarina, iniciou o processo de negociação.

A categoria não pode ficar mais uma vez sem os reajustes mínimos. A inflação deve fechar o período em torno de 10,5%. Ter esse índice acrescido de um ganho real, mais a reposição não concedida por algumas escolas no ano passado, não tem nada de absurdo. Para além disso queremos manter o que historicamente foi nossa conquista, os triênios, bolsas de estudo, entre outras.

Cabe aos sindicatos que representam os trabalhadores buscarem a justiça do trabalho, sempre que entenderem haver prejuízo e desrespeito aos trabalhadores. Então, não cabe ao sindicato patronal ameaçar não fechar convenção coletiva com sindicato que tiver ação judicial representando os trabalhadores das escolas particulares.

O que percebemos são as escolas aumentarem mensalidades, ampliarem e melhorarem os espaços físicos com o crescimento das matrículas, e os números mostram isso.

O absurdo é o trabalhador ser castigado por crime que não cometeu.

OBS: dia 22/02 teremos a segunda rodada de negociação.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 3 =