Especial MARÇO – Mulheres na Educação e nos Sindicatos

postado em: Notícias, Outros | 0

O mês de março é internacionalmente marcado por destacar as lutas das mulheres. Inicialmente lutando por direitos sociais, como sair de casa sem estar acompanhada de um homem, votar, poder entrar no mercado de trabalho e de poder escolher continuar, ou não, cuidar exclusivamente da casa. Avançando nas conquistas, veio o direito a se candidatar a cargos públicos e a Lei Maria da Penha que, para nós brasileiras, é um sinal da fragilidade de todos esses avanços. Enfim, todo esse percurso e essas conquistas, ao longo de décadas, foi de muita luta travada por mulheres, em sua maioria autodeclaradas feministas.

O SINPRONORTE, ao longo do mês de março, publica o perfil das mulheres que compõem a atual direção, suas trajetórias de vida e algumas reflexões sobre suas lutas individuais e coletivas que as trouxeram até aqui. Lembremos que o sindicato, fundado em 1992, portanto prestes a completar 30 anos, precisou esperar até 2020 para ter a primeira mulher ocupando o cargo de presidente. Isso, considerando que as categorias “professor” e “administrativos” que compõem a base do sindicato, é esmagadoramente feminina.

A iniciativa, da Diretoria de Organização Sindical, visa aproximar direção e base, oportunizando a constatação que as lideranças sindicais são forjadas não só nas praças e nos tribunais, mas também nas lutas cotidianas por melhores condições de vida para todos e cada um.

Fiquem ligadas em nossas redes e no site do SINPRONORTE.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + 9 =