Negociação salarial com academias

postado em: Notícias | 0

Deste o dia 13/04, data da primeira reunião até agora (05/07) se passaram várias reuniões de negociação, e ainda não se chegou a um acordo. Vários pontos estão acordados, porém há cláusulas em que a dificuldade de acordo é grande. Um desses pontos é o reajuste nos pisos salariais da categoria. O sindicato patronal propõe manter, sem reajustar os pisos salariais estabelecidos na negociação de 2016. Como também dificulta regra de manutenção do sindicato dos trabalhadores através da contribuição negocial, mesmo tendo o Ministério Público do Trabalho assinado com os sindicatos acordo estabelecendo regras para tal.

Há acordo na renovação das cláusulas da Convenção Coletiva anterior estabelecendo reajuste salarial de 6% a partir de maio de 2018; direito de homologação da rescisão de Contrato de Trabalho no sindicato por vontade do trabalhador; alteração da data base da categoria para o mês de maio; fim da antecipação do reajuste salarial no mês de outubro.

Diante disso, se ampliou para 31/07 o prazo para se buscar um acordo na negociação. Contamos com a participação dos trabalhadores das academias para o êxito na negociação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 + 5 =