DEMITIU, MAS NÃO PAGOU…

postado em: Notícias | 0

Recentemente informamos que escolas de Joinville e região estavam demitindo sem pagar os direitos dos trabalhadores. Pois é, as escolas da rede CNEC – São José de Rio Negrinho, FCJ e José Elias Moreira de Joinville – começaram a fazer as homologações dos mais de 50 trabalhadores demitidos no final do ano e começo de 2018, e não estão pagando as verbas rescisórias e a multa dos 40% e, em alguns casos, há pendência de fundo de garantia de meses anteriores. Não estão considerando nem a estabilidade dos integrantes da CIPA.

Estas escolas não apresentaram a razão pela qual não estão pagando e nem apresentam proposta de pagamento. Contam com a possibilidade de que muitos trabalhadores não costumam entrar com processo por falta de conhecimento ou acomodação e, para os casos que entrarem na justiça, esperam ganhar tempo com a lentidão dos processos.

Sendo assim, não resta ao trabalhador outra alternativa senão buscar os meios legais para ter seus direitos e sua dignidade reconhecidos.

O SINPRONORTE neste momento tem alertado os trabalhadores, no ato da homologação, a fazer valer seus direitos. O sindicato oferece assessoria jurídica gratuita àqueles que pretendem entrar na justiça. As homologações feitas no sindicato, até agora mostram a indignação dos trabalhadores que, revoltados por terem trabalhado honestamente e não receber um tostão da empresa, estão entrando com ações contra a CNEC.

É a reforma trabalhista dando seus primeiros sinais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + 16 =