Empresários e Sindicalistas fecham Acordo que atualiza Piso Salarial em Santa Catarina

postado em: Notícias | 0

Reajuste de 2,95% assegura ganho real para as quatro faixas salariais do Piso

As comissões de trabalhadores e patronal entregaram ao governador Raimundo Colombo dia 25 de janeiro, o documento do Acordo que reajusta os valores das quatro faixas do Piso Salarial Estadual para o ano de 2018. O Acordo foi fechado no dia 18 de janeiro, durante a segunda rodada de negociação. Depois de amplo debate entre as partes, chegou-se ao consenso de 2,95% de reajuste salarial, percentual referenciado pelo IPCA (índice de Preços ao Consumidor Amplo) e que representa aumento real de quase 50% sobre a inflação registrada de 1º de janeiro a 1º de dezembro de 2017, de 2,07%. Nos próximos dias, o governo deve enviar Projeto de Lei à Assembleia Legislativa.

Esse percentual de reajuste será aplicado em todas as quatro faixas salariais que compõem o Piso Salarial Estadual. A primeira faixa passou de R$ 1.078,00 para R$ 1.110,00; a segunda faixa, de R$ 1.119,00 para R$ 1.152,00; a terceira faixa subiu de R$ 1.179,00 para R$ 1.214,00, e a quarta faixa salarial (em que participam os administrativos das escolas particulares, academias e escolas de idiomas) passou de 1.235,00 para R$ 1.271,00. Na avaliação do diretor sindical do Dieese e coordenador da negociação pelo reajuste do Piso, Ivo Castanheira, o resultado da negociação deste ano foi o possível, diante da atual conjuntura econômica. “O índice negociado está acima do INPC e o mais importante é que conseguimos manter uma política de atualização do Piso Estadual”, comentou Castanheira.

Para o supervisor técnico do Dieese, José Álvaro Cardoso, que participa das negociações juntamente com os representantes das centrais e federações de trabalhadores de Santa Catarina, o Acordo “está longe do ideal”, mas acrescenta: “Corrigimos a inflação e colocamos 0,9% de ganho real em cima do Piso”. O economista lembra que o país “vive uma situação muito ruim, com crise política”, e que, mesmo assim, a negociação apontou para melhorias aos trabalhadores e trabalhadoras. “O fato de conseguirmos negociar outro índice, o IPCA, servirá de referência para as demais negociações no estado”, destaca José Álvaro. Os novos valores do Piso Salarial Estadual são retroativos a 1º de janeiro de 2018.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + nove =