Trabalhadores do SENAC definem reivindicações para Acordo Coletivo

postado em: Campanha Salarial, Notícias | 0

editada-IMG_0838O Sinpronorte realizou nos dias 18, 19 e 20 de julho assembleias com os professores e administrativos das unidades do SENAC do norte do estado. Com cerca de 50 participantes, o sindicato formulou com a categoria as reivindicações que serão apresentadas na negociação com direção da escola. Ainda não há data marcada para negociação, mas deve acontecer já nos próximos dias.

A pauta de reivindicações foi elaborada com a sugestões da direção do sindicato e também da categoria. Todas as outras cláusulas do atual acordo permanecem. Foram debatidas apenas aquelas que precisam de reajustes e adequações. Veja a lista de reivindicações:

Reajuste Salarial:

Reposição da inflação e ganho real: 12,5%.

A inflação (INPC) na data-base foi de 9,49%.

Reajuste dos pisos: 12,5% em todas as faixas

Faixa Valor atual Proposta Jornada
Agente (com nível não superior) R$ 1.089,00 R$ 1.225,00 42h30min semanal
Analista (com nível superior) R$ 3.462,00 R$ 3.895,00 42h30min semanal
(Livre) Formação inicial e continuada R$ 12,60 R$ 14,17 Hora-aula 50 minutos
Técnico R$ 15,72 R$ 17,68 Hora-aula 50 minutos
Tecnológica R$ 19,59 R$ 22,04 Hora-aula 50 minutos
Especialização R$ 30,09 R$ 33,85 Hora-aula 50 minutos
Mestrado R$ 30,09 R$ 33,85 Hora-aula 50 minutos
Doutorado R$ 71,15 R$ 80,04 Hora-aula 50 minutos

Reajuste auxílio funeral: 12,5%

Auxílio Valor atual Proposta
Falecimento do Trabalhador R$ 6.039,00 R$ 6.794,00
Falecimento cônjuge/dependente R$ 3.419,00 R$ 3.846,00

Reajuste ajuda farmacêutica: 12,5%

Reajuste no valor de cobertura de R$ 422,00 para R$ 475,00

Reajuste da multa do acordo: 12,5%

Caso qualquer cláusula do acordo coletivo não seja cumprida, existe uma multa que pode ser aplicada. O valor atual é de R$ 430,00. A proposta é que seja reajustada para R$ 484,00.

Vale alimentação:

Inclusão do vale alimentação para todos os trabalhadores do SENAC.

Aumento do percentual de hora-atividade:

Os trabalhadores do SENAC observaram que para alguns professores a limitação da jornada de trabalho (quatro horas seguidas ou seis intercaladas no mesmo estabelecimento de ensino) é desconfortável. Como sugestão, propõe-se a ampliação do percentual de hora-atividade para 15%. Atualmente é de 5%.

Plano de Saúde:

Os trabalhadores sugerem a revisão da faixa salarial de corte para percentual de cobertura pelo plano. Atualmente, quem recebe até 5 salários mínimos tem 70% de cobertura e acima deste valor, 50% de cobertura. A proposta é voltar a 9 salários mínimos a diferenciação na cobertura. Também foi sugerida a alteração na redação da cláusula reafirmando que o salário mínimo considerado é o estadual e não o federal.

Licença Maternidade:

Reivindicação de ampliação de 120 para 180 dias de licença maternidade.

 


 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − quatro =