Aumento de mensalidades acima da inflação afeta estudantes

postado em: Campanha Salarial, Notícias | 0

O aumento de mensalidades além da inflação está fazendo com que estudantes comecem a manifestar sua insatisfação. Esse foi o caso dos alunos do ensino superior da faculdade Bom Jesus/Ielusc de Joinville. Na última terça-feira (1 de março), os estudantes realizaram uma manifestação em frente à escola reivindicando a reversão do aumento das mensalidades.

O Bom Jesus/Ielusc aplicou um reajuste de 11,99% nas mensalidades. A inflação de 2015 fechou o ano em 11,28% (INPC). O Diretório Central dos Estudantes (DCE) argumenta que os aumentos abusivos são históricos. Segundo os estudantes, aplicar aumentos como estes em ano de crise, torna o acesso ao ensino superior quase impossível.

manifestação ielusc alunos
Estudantes bloquearam a rua em frente à escola (Foto: Aline Seitenfus)

A partir da manifestação dos alunos, a escola mostrou seu lado autoritário e truculento. Segundo os próprios estudantes, a direção do ensino superior ameaçou de expulsão os alunos que participaram da manifestação. A escola teria ligado individualmente para cada estudante. O Sinpronorte condena essa prática da instituição. O espaço acadêmico é de diálogo e não de imposições.

Aumento de mensalidades não reflete no aumento de salários

O Sinpronorte acompanha todos os anos a evolução do aumento das mensalidades e reforça a afirmação dos estudantes. O aumento acima da inflação é histórico.

Contraditoriamente, o aumento das mensalidades não significa valorização para os trabalhadores. Como exemplo, no ano anterior a inflação foi de 6,23%. As mensalidades aumentaram 8,6%. Os salários dos trabalhadores foram reajustados em 8,0% (data-base da categoria é 1º de março, que registrou inflação de 7,68%).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis + 18 =