CNEC propõe pagar 13º e 6 parcelas

postado em: Notícias | 6

A direção nacional da CNEC acaba de apresentar uma proposta de parcelamento do 13º salário em seis vezes. Esta é uma medida que ataca diretamente o bolso dos trabalhadores. O salário é sagrado, pois é ele que garante a sobrevivência de todos nós. A inflação está atingindo índices históricos que não vão esperar as seis parcelas serem pagas. É fundamental que os trabalhadores estejam mobilizados e prontos enfrentar a situação.

 

Esta é uma promessa de pagamento para o 13º salário. A CNEC ainda não se manifestou sobre o pagamento do FGTS que está atrasado há meses. É uma série de ataques aos diretos básicos dos trabalhadores. Por isso, o Sinpronorte convoca todos os trabalhadores para assembleia geral, para discutir quais caminhos serão tomados daqui para frente. Os trabalhadores não vão pagar pela crise!

 

Dia: 10 de dezembro – quinta-feira
Horário: 18h
Local: Anfiteatro

A proposta enviada nesta terça-feira (8 de dezembro) altera o cronograma apresentado anteriormente. Confira:

 

1/3 Férias:

  • Pagamento no prazo legal: dois dias antes do início das férias

 

Período de férias:

  • Pagamento no dia 5 de fevereiro. A instituição diz que é uma prática histórica pagar nesse período. Contudo, a lei orienta a também ser pago dois dias antes do início das férias.

 

13º Salário:

  • 1ª Parcela: 20/01/2016
  • 2ª Parcela: 22/02/2016
  • 3ª Parcela: 21/03/2016
  • 4ª Parcela: 20/04/2016
  • 5ª Parcela: 20/05/2016
  • 6ª Parcela: 20/06/2016

Esta proposta contempla todas as 10 unidades de Santa Catarina. Durante o dia o sindicato fez contato com outros estados para verificar a situação nas outras unidades. Pela apuração, apenas no Rio Grande do Sul houve o pagamento regular do 13º. O motivo é uma cláusula da Convenção Coletiva que determina multa caso não haja o pagamento.

 

6 Responses

  1. ANÔNIMO2

    Esperamos que essa situação possa ser resolvida de acordo com a lei e que todos esses funcionários possam receber o que é deles por direito!

  2. Respeito

    Só queremos o que é de direito dos funcionarios, por exemplo, se eu ficar devendo uma parcela de pagamento da REDE CNEC pelo um curso que eu faça na instituição e posso pagar essa parcela em 6x? É justo?

  3. Anônimo

    Qual será a taxa de correção? Cheque especial é 12% ao mês, Cartão de crédito, 18%. E o funcionário? Será compensado em quantos %?

  4. NÃO VAMOS PAGAR PELA CRISE!!!!!

    É hora de nos juntarmos e cobrarmos o que é nosso!
    CHEGA DE TANTAS DESCULPAS, CNEC!
    NÓS NÃO IREMOS PAGAR PELA CRISE!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + 6 =