Rede CNEC atrasa 13º dos funcionários

postado em: Notícias | 10

A Faculdade Cenecista de Joinville (FCJ) e o Colégio Elias Moreira – ambos da rede CNEC – atrasaram o pagamento da primeira parcela do 13º salário que deveria ser feito até dia 30 de novembro. O Sinpronorte está a par da situação e já acionou a assessoria jurídica para acompanhar o caso. Só em Joinville, a rede tem mais de 400 funcionários.

Após primeiro contato com a Direção Administrativa das escolas em Joinville, foi informado que não há previsão de pagamento. Os pagamentos são centralizados em Brasília via rede CNEC. A FCJ e o Elias Moreira fazem parte de uma rede com escolas por todos o país.

Os advogados do Sinpronorte estão avaliando as melhores medidas a serem tomadas (administrativas ou judiciais). Segundo assessoria jurídica, a parcela atrasada do 13º salário deverá ser paga com juros e correções.

O Sinpronorte está acompanhando a situação de perto e à disposição dos trabalhadores.

10 Responses

  1. Márcia Franco

    A rede toda está atrasada, Rio de Janeiro, Rio das Ostras, Márica, Itaborai, Ilha do Governador entre outras, isso é uma falta de consideração com o colaborador, não deram nem satisfação.

  2. Anônimo

    Falta de consideração. Ainda temos que nos passar por anônimos, pois em empresa privada não temos nenhuma estabilidade para reclamar nossos direitos. Qualquer reclamação pode ser usada contra nós!
    O 13º é um dos poucos benefícios que a rede nos dá, e ainda estão atrasando desse jeito. Além de ser uma falta de respeito, é sem dúvidas, um egoísmo sem tamanho dos administradores da CNEC que atrasam não só o pagamento de funcionários, mas também de fornecedores.
    Que motivação temos para continuar trabalhando?

  3. Anonimo

    Acho um absurdo uma rede como a CNEC, não ter feito a provisão para esta despesa.O email enviado foi comentado que há atrasos nos pagamentos do PRONATEC e inadimplencia nas mensalidades.Ok, até entendo que isto aconteça, mas estou lá no meu devido horário, cumprindo meu dever com ou sem dinheiro na conta.Penso que não deveria apenas o advogado do sindicato ficar a par do que está acontecendo e sim também o MTE, este sim é o orgão máximo que pode nos ajudar.E sobre pagamento com juros do 13 salario, acho dificil isto acontecer, senão já deveria acontecer com nossos salários que atrasa do 1 a 2 dias e por lei atrasou paga em dobro.Pior não é isto gente, o nosso FGTS não esta sendo depositado e penso que consequentemente o INSS também não.

  4. ANÔNIMO

    Acho que está Rede está indo de mal a pior, aqui em Rio Negrinho – SC todo mês atrasa o Salário, sem previsão de Decimo Terceiro, falta de respeito com os Colaboradores.

  5. ANONIMO

    Também sou um colaborador da rede CNEC em Minas Gerais e estamos com o 13º atrasado e FGTS desde junho. E mais, nossa unidade está sendo obrigada a demitir um numero enorme de funcionários da área administrativa.
    O sistema CNEC é, ou manda embora ou não recebe, tem que ter “lucro”.

  6. sandra

    Isso é uma falta de respeito, humilhação, falta de humanidade.
    Gente vamos atras dos nosso direitos.

  7. Anonimo

    Trabalhei na Rede CNEC, sei muito bem o que todos estão passando, é uma lástima, uma rede com foco no social e na humanização do Ser passar as dificuldades que está passando, com as melhorias da centralização da rede vieram também os problemas, atrasos de fornecedores, atrasos de salários, falta de informaçao de muitos gestores, muito dinheiro mal administrado, sistemas totalmente falhos e funcionários sem treinamento, solenidades pomposas quando em varias Escolas a estrutura é precária, inclusive pior do que a rede pública. Torço para que a rede CNEC tome um rumo promissor e continue prestando seu papel social que tanto já ajudou o Brasil!

  8. Marcelo Leite Medeiros

    Fui demitido em 05/05/2016/faltando ainda 10 aulas. Era docente de 6 disciplinas e 12 orientandos. Até bai tudo bem, mas CNEC-IFES até agora, 31/05/2016 nada da quitação das verbas rescisórias. Já liguei para Brasília (061) 37994910 e dizem não previsão. Fora isso, as férias 2015 não foram pagas, FGTS em atraso e com não homologação da rescisão, fico impedido de receber FGTS e solciitar seguro desemprego.

    Muita sacanagem

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 4 =