Dedução de despesas com livros no IR é vetada

postado em: Notícias | 0

A emenda que permitiria dedução de gastos com livros no Imposto de Renda, proposta pela Câmara dos Deputados, foi barrada pelo governo federal. O veto foi publicado no Diário Oficial da União no dia 22 de julho. A proposta seria uma das mudanças impactadas pela Medida Provisória 670/2015 referente ao IR. Ela permitiria abater até R$ 3.561,50 na declaração de ajuste, em abril de 2016.

 

O veto do governo sinaliza que a garantia de arrecadação com impostos está à frente do lema “Pátria Educadora”.

 

Outra mudança vetada foi a isenção de PIS e Confins sobre o diesel, também embutida pelos parlamentares na MP. Nos dois casos, o veto já era esperado.

 

Com informações de SinproSP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 − 4 =