Piso Estadual: mutirão coleta assinaturas em Joinville

postado em: Notícias | 0

Os sindicatos CUTistas da região norte de Santa Catarina continuam com a campanha pelo Piso Salarial estadual. No último sábado (16 de maio), foram coletas mais 235 assinaturas no bairro Ulisses Guimarães apoiando o Projeto de Lei de Iniciativa Popular. A coleta de assinaturas acontece uma vez por mês nas cidades da região. Este ano já foram feitos mutirões em Joinville, Blumenau e São Bento do Sul.

 

20150516_120138

 

Entenda a coleta de assinaturas

 

O objetivo desta campanha é atingir 60 mil assinaturas em apoio ao Projeto de Lei de Iniciativa Popular que dará entrada na Assembleia Legislativa dispondo sobre a correção automática dos valores das quatro faixas salariais do piso estadual, com base na variação da inflação e no crescimento do Produto Interno Bruto (PIB). O reajuste do Piso Estadual acaba forçando todas as negociações salariais com os sindicatos patronais por um reajuste maior.

 

A última negociação pelo piso salarial estadual se arrastou por meses. Com a aprovação da lei a negociação seria simplificada. O piso estadual é dividido em quatro faixas conforme abaixo:

 

Primeira faixa: R$ 908

  • Na agricultura e na pecuária;
  • Nas indústrias extrativas e beneficiamento;
  • Em empresas de pesca e aquicultura;
  • Empregados domésticos;
  • Em turismo e hospitalidade; (Redação da alínea revogada pela LPC 551/11).
  • Nas indústrias da construção civil;
  • Nas indústrias de instrumentos musicais e brinquedos;
  • Em estabelecimentos hípicos; e
  • Empregados motociclistas, motoboys, e do transporte em geral, excetuando-se os motoristas.

 

 

Segunda faixa: R$ 943

  • Nas indústrias do vestuário e calçado;
  • Nas indústrias de fiação e tecelagem;
  • Nas indústrias de artefatos de couro;
  • Nas indústrias do papel, papelão e cortiça;
  • Em empresas distribuidoras e vendedoras de jornais e revistas e empregados em bancas, vendedores ambulantes de jornais e revistas;
  • Empregados da administração das empresas proprietárias de jornais e revistas;
  • Empregados em empresas de comunicações e telemarketing; e
  • Nas indústrias do mobiliário.

 

Terceira faixa: R$ 994

  • Nas indústrias químicas e farmacêuticas;
  • Nas indústrias cinematográficas;
  • Nas indústrias da alimentação;
  • Empregados no comércio em geral; e
  • Empregados de agentes autônomos do comércio.

 

Quarta faixa: R$ 1,042 mil

  • Nas indústrias metalúrgicas, mecânicas e de material elétrico;
  • Nas indústrias gráficas;
  • Nas indústrias de vidros, cristais, espelhos, cerâmica de louça e porcelana;
  • Nas indústrias de artefatos de borracha;
  • Em empresas de seguros privados e capitalização e de agentes autônomos de seguros privados e de crédito;
  • Em edifícios e condomínios residenciais, comerciais e similares, em turismo e hospitalidade;
  • Nas indústrias de joalheria e lapidação de pedras preciosas;
  • Auxiliares em administração escolar (empregados de estabelecimentos de ensino);
  • Empregados em estabelecimento de cultura;
  • Empregados em processamento de dados; e
  • Empregados motoristas do transporte em geral.
  • Empregados em estabelecimentos de serviços de saúde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − um =