Melhorar a saúde vocal dos professores

postado em: Notícias | 596

O Programa de Educação Vocal é voltado para professores do ensino público e privado de Joinville e região. Foi criado pelo Sinpronorte com o objetivo de prevenir a ocorrência de disfonias e minimizar os fatores de risco. Objetiva auxiliar o profissional da educação a identificar aspectos essenciais que irão contribuir, direta ou indiretamente, para o seu bem-estar vocal. Além das palestras, englobam atividades como oficinas de voz e campanhas educativas.

Segundo informações do Presidente do Sinpronorte, Lourivaldo Rohling Schülter, pesquisa realizada em 2004 pela Universidade de Brasília, apenas 6,4% dos afastamentos ao trabalho por conta do problema da voz é caracterizada como acidente de trabalho.

Os professores são reconhecidamente a categoria que apresenta os maiores fatores de risco para a doença – afinal, mesmo sem a comprovação de doença do trabalho, eles apresentam a maior taxa de afastamento do serviço por essa causa.

A doença tem um forte componente ocupacional. No entanto, sua caracterização como doença relacionada ao trabalho ainda é precária. A participação do trabalho no processo de adoecimento dos professores seria muito maior. Os professores têm 14,8 vezes mais chances de serem acometidos por esses problemas do que os trabalhadores em saúde, três vezes mais que os bancários e uma vez e meia mais que os profissionais de rádio e TV.

Participe gratuitamente das palestras com a fonoaudióloga Marina Luz Daddario
LOCAL: SINPRONORTE (Av. Santos Dumont, 208 – Bom Retiro)

HORÁRIO: 19h

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + 3 =