Professor é professor, presencial ou à distância

postado em: Notícias | 0

O Sinpronorte tem recebido denúncias de professores que lecionam no modelo de ensino à distância (EAD) e estão com registro profissional e remuneração incorretos. A Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) deixa claro quais as modalidades de contratação são permitidas. O documento também destaca que os pisos salariais devem ser respeitados assim como no ensino presencial.

Nomenclaturas previstas na CCT para professores do EAD:

  • Coordenador do Curso: é responsável pela organização e desenvolvimento do projeto pedagógico e do curso. Coordena o andamento didático-pedagógico. Orienta e acompanha o trabalho dos professores tutores e supervisiona o andamento dos aspectos técnicos com o trabalho dos monitores.
  • Professor-autor: é responsável pela criação do conteúdo do curso.
  • Professor-tutor: é o responsável pelo processo de mediação ensino aprendizagem, é quem atende os alunos, tira dúvidas, apresenta questões para serem discutidas pelo grupo e corrige os exercícios.

Os professores do ensino superior à distância não devem ter salário menor que R$ 24,58 por hora-aula, assim como para professores presenciais. Todas estas informações estão previstas na CCT e disponibilizadas no site do Sinpronorte. O EAD está detalhado na cláusula 27 e os pisos na cláusula três.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × três =