Ensino particular estará representado na direção nacional da CUT

postado em: Notícias | 0

Na última semana (13 a 16 de outubro) aconteceu o CONCUT (Congresso Nacional da Central Única dos Trabalhadores) que debateu os rumos políticos da central e definiu quem estará à frente dela até 2019. O ramo do ensino particular estará representado a partir de agora na CUT pela presidente do Sinpaaet (Professores e administrativos de Tubarão), Gisele Vargas. Também faz parte da nova direção nacional o professor Ulrich Beathalter, diretor de formação do Sinpronorte e presidente do Sinsej. Ao todo, nove dirigentes sindicais de Santa Catarina estão na direção nacional da CUT. O diretor jurídico do Sinpronorte, Lourivaldo Rohling Schülter, participou do CONCUT como delegado.

gilese-ulrich
Gisele é presidente do Sinpaaet. Ulrich é diretor de formação do Sinpronorte.

Na diretoria executiva a agricultora familiar, Rosane Bertotti, sai da Secretaria de Comunicação e assume a Secretaria de Formação. O comerciário de Florianópolis Valeir Ertle assume a nova Secretaria de Assuntos Jurídicos.

Quem são os catarinenses na CUT nacional:

  • Rosane Bertotti (agricultora familiar) – Secretaria de Formação
  • Valeir Ertle (comerciário) – Secretaria de Assuntos Jurídicos
  • Anna Julia Rodrigues (professora do estado)
  • Luiz Cesar Schorner (professor municipal de Jaraguá do Sul)
  • Adriana Maria Antunes (agricultora familiar)
  • Gisele Vargas (professora ensino particular)
  • Lucilene Binsfeld (comerciária)
  • Ulrich Beathalter (professor ensino municipal e particular de Joinville)
  • Marta Vanelli (professora estadual)

Vagner Freitas segue presidente da CUT

Vagner Freitas foi reconduzido à Presidência da Central. Pela primeira vez em sua história, a CUT terá igual número de mulheres e homens em sua direção. É a única central sindical no mundo a adotar tal política.

Veja aqui a direção nacional da CUT eleita até 2019

Segundo o presidente nacional da Central, Vagner Freitas, a nova configuração, com representantes de todo o país, reflete a pluralidade da base cutista.

Vagner agradeceu o trabalho e o compromisso dos dirigentes que deixam a Executiva nesta sexta. O presidente destacou a renovação de quadros e citou que a CUT manterá o compromisso de mudar o país para além do mundo sindical.

Com informações de: cut.ogr.br e cut-sc.org.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + dezesseis =